Sampaoli admite frustração com dois empates e diz: "Agora está mais complicado"

Treinador da Argentina vê que time "deixou possibilidade passar" depois de duas derrotas do Chile, mas tenta não se assustar com necessidade do resultado nas rodadas finais.

 

O raciocínio é simples. A Argentina foi superior nos jogos contra Uruguai e Venezuela, especialmente diante dos venezuelanos, mas saiu com dois empates. Caso tivesse vencido os dois, hoje estaria na vice-liderança da Copa, com um pé na Rússia. Mas não foi o que aconteceu. E o técnico argentino Jorge Sampaoli admite a frustração com a situação. Especialmente por ter perdido a oportunidade, após as duas derrotas do Chile.

– Deixamos passar uma possibilidade muito importante, estávamos muito esperançosos em ganhar. Isso é futebol e se sabe que pode passar. Com a qualidade dos jogadores que temos e com 11 chances claras para converter, pode passar que nos confunda quando o rival chega uma vez e te converte. Há que potencializar o que fizemos bem e se repetimos o que aconteceu na primeira etapa, vamos estar mais perto da classificação – avaliou o treinador, após o 1 a 1 com a Venezuela no Monumental de Nuñez.

Sampaoli elogiou o primeiro tempo contra a Venezuela e voltou a enaltecer a grandeza de Messi na partida. Ressaltou que o craque, mais uma vez, chamou a responsabilidade para si nos momentos certos. Mas o resultado não saiu. Agora, restam os jogos com Peru e Equador para tentar livrar os argentinos da repescagem, ou até mesmo de uma eliminação.

 

– Agora, sim, estamos mais complicados. Estávamos esperançosos com a possibilidade já concreta de estar entre os classificados, que é nosso sonho. A verdade é que vamos com dois pontos em dois partidas com superioridade, não pudemos concretizar. Pensávamos chegar com maior gordura. Agora, vamos seguir lutando, o caminho do ataque é o que há que seguir sustentando, com muita fortaleza. São situações que o futebol te coloca e há que afrontá-las.

A Argentina é a quinta colocada das eliminatórias, com 24 pontos, mas marcou menos gols que o Peru, que tem a mesma pontuação é o quarto colocado. Ambos se enfrentam na próxima rodada da competição, no dia 5 de outubro, na Argentina. A rodada final das eliminatórias será no dia 10 de outubro. Os argentinos encaram o Equador.

Categoria:Esportes

Deixe seu Comentário